28 janeiro 2014

Os Senhores do Norte - Bernard Cornwell



Livro: Os Senhores do Norte
Autor: Bernard Cornwell
Editora: Record
Páginas: 347  
Série : Crônicas Saxônicas #3
Depois de lutar ao lado do rei Alfredo na batalha que assegurou Wessex como único reino independente da Inglaterra, Uhtred decide retornar à Nortúmbria, em busca da irmã de criação. No entanto, o jovem encontra um cenário desolador, uma aterra assolada pelo caos e barbárie. Ele se alia então a Guthred, ex-escravo determinado a se tornar rei da Nortúmbria. Juntos, seguirão até Dunholm, em busca da cabeça do senhor viking Kjartan.
     
Minhas considerações...

Esse livro é SENSACIONAL!!!!!
Nosso anti-herói preferido de todos os tempos Uhtred esta indo muito bem no começo do livro, muito bem mesmo! Já superou as mortes do livro anterior e está mais próximo de casa e mais próximo do que nunca esteve de sua vingança contra o seu tio e o assassino do seu pai adotivo!
Só que estamos falando de Bernard Cornwell e SEMPRE, eu disse S-E-M-P-R-E, somos surpreendidos, e o pior, mesmo lendo vários livros desse sujeito ele consegue pegar a gente de surpresa a pesar de conhecermos as suas “características”. Por isso eu o acho um excelente escritor porque faz você acreditar cegamente que tudo esta indo bem, mas de repente ele FODE A PORRA TODA! T-O-D-A! É possível notar que pela minha forma de se expressar eu fiquei chocada....



O livro realmente é um divisor de águas e eu sei isso sem ler o próximo porque a forma como tudo terminou só pode ser direcionado para a ascensão do Rei mais odiado de todos o Alfredo, e felizmente ou infelizmente o Uhtred esta ligado a ele novamente. Agora sinto que os saxões vão se reerguer porque lendo só os dois livros anteriores na minha cabeça só passava a extinção desse povo, só se aparecer um dinamarquês novo na historia coisa que eu acho difícil, mas quem sabe....
E novamente vou exaltar todo o meu amor pelo Bernard porque a terceira parte desse livro é o ápice de uma descrição de guerra, um palavra PERFEIÇÃO!

Citações favoritas...
- Pode levar uma mensagem minha – disse ele a Sven. – É essa. – E mijou sobre ele. – Eu te batizo em nome de Tor, de Odin e de Loki.
E assim o guerreiro morto conheceu o rei escravo, e Sven, o Caolho, se arrastou até seu pai, e a estranheza daquela Nortúmbria infeccionada ficou mais estranha ainda.
Tentei reacender a minha raiva porque é somente a raiva que nos mantém vivos, mas a raiva não vinha. Em vez disso, simplesmente chorei.

Para ler ouvindo...

Breath Of Life - Florence + The Machine ♫


Avaliação

Um comentário:

Sheila Lima disse...

Olá!

Perdoe-me se eu estiver incomodando de alguma forma, apenas estou passando em alguns dos blogs parceiros do DSA para pedir uma ajudinha básica na divulgação do meu livro. Nem precisa ser algo grande e, claro, não é obrigatório; mas eu ficaria imensamente feliz por saber que posso contar com sua ajuda.

Se tiver alguma dúvida sobre o meu livro, visite a página "Os livros" do DSA ou entre em contato comigo. Desde já, agradeço por tudo!

Beijinhos Alados ♥

Postar um comentário